Dorsal Atlântica

Ultimatum Outtakes 1982-1985 tracks

Lyrics

1. CATASTROFE (LIVE IN RIO, 02/01/1985)

Fazem a dívida
E eu que vou pagar
Não vou pagar
Antes de nascer
Vieram me cobrar
Depois de morrer
Não vai acabar

Catástrofe

Nesse mar de lama
Não vou afundar
Por mim este país pode falir antes
Meu dinheiro não vai servir pra aguentar
O ministro e seus amantes

Catástrofe

Minha roupa fede a mijo
E nem sei se vou jantar
Não basta que eu coma lixo
Ainda exigem o sacrifício




2. ARMAGEDON (LIVE IN RIO, 02/01/1985)

Nos traíram
Nos deixaram sós para morrer
Não me resta esperança
O que fazer
Não me vendo pra gente como você
Dessa maneira eu prefiro enlouquecer

Armagedon até o fim
Pra mim
Agora

Se me juntar aos porcos
Me sujo de lama
Você mente
Quer minha confiança
Pra que fingir que não estou vendo ?
A cobra morre com seu próprio veneno




3. PRINCESA DO PRAZER (LIVE IN RIO, 02/01/1985)

Vestida em couro negro
Minissaia e salto alto
Vai desfilando
Sua beleza pelo asfalto

Ela é uma deusa
A princesa do prazer
Todo dia, um homem novo
Vem teu corpo conhecer

Princesa do prazer

Seu horário é nenhum
Seu lugar é qualquer
Seu parceiro não importa
Se for homem ou mulher

Pobre garota
Do corpo de aluguel
Teu lar inconstante
É um quarto de motel




4. DORSAL ATLANTICA (LIVE IN RIO, 20/10/1984)

(Instrumental)




5. HECATOMBE (REHEARSAL)

Destrua teu inimigo
Muito é muito pouco para vencer
O furacão de aço e fogo
Arrasará milhares de quilômetros
Dentro desse jogo

Esmague sem perdão
E conheça
Todo o poder da invasão

O ronco das aves de metal
Apavoram os fracos
Porque vocês sentem medo
E sabem que vão perder
A realidade é pior do que o pesadelo
E vocês sentem
Que o fim está perto
Muito perto

Esmague sem perdão
E conheça
Todo o poder da invasão

Vingança
Minha espada
Calculismo
Meu escudo
Cinismo
Meu cavalo
Minha diversão é observar
Meu adversário rastejar
Implorando por clemência
Pedindo para o poupar
Piedade eu desconheço
Meu intuito é vingança
Não importa a maneira
Minha ira não descansa
Mas o ódio me domina
Não irei hesitar
Em desferir o golpe fatal
Para a minha sede aplacar

Hecatombe

Afogar meus inimigos
E assisti-los afundar
Enquanto morrem eu sorrio
Minha dor é degradar
Gosto doce de vitória
Sede agora aplacada
Mas a luta não termina
Não há descanso para a espada




6. PERIFERIA (LIVE IN SAO PAULO, 07/05/1985)

Vamos babar na sua roupa
Fazer amor com sua filha
Sussurrar no seu ouvido
Coisas que não quer escutar
Não somos iguais a você
Não pode nem encostar
O cheiro pode pegar
Se gente de bem nos tocar

Prisão
Periferia não é mais
Prisão
Campo de concentração

Sua filha fica presa em casa
Ela nunca saiu do palácio
Não sabe o que é sobreviver
Você nunca imaginou que chegássemos tão perto
Nunca sentiram o que é ter uma vida de merda




7. RADIO ITALIANA

(No lyrics available)




8. MORTE AOS FALSOS (REHEARSAL)

Morte !
Morte aos falsos !

Sua falsidade
Sua maneira de falar
Ninguém no fim vai querer te escutar
Quantos amigos você tem, pode contar
Porque ninguém vai querer te ajudar

Tomara que quebrem teus ossos
Esmaguem suas pernas
Arrebentem tua cara e te encham de porrada
Quebrem teus dentes e te façam engolir a merda que você é
A merda que você faz
Morte aos falsos

Você é ninguém, você é nada
Pois quer ser um para cada um
A verdade não tardará a vir e o ódio a você será comum

Você pensa que sendo assim vai conseguir tudo o que vê
Seu sofrimento será maior do que o mal que você deseja
Sofra, morre, sua existência é desprezada
Suma, desapareça
Para você não resta mais nada




9. TORTURA (REHEARSAL)

Culpa, capuz, oficina, nudez
Terror, sessão, porrada, sevícia
Pensou em deus, na mulher, nos filhos
Ninguém vem, ninguém sabe

Todos que suportaram a tortura mentem
E os que não puderam suportar mentem também
O medo da dor é mais forte que a própria dor
Tortura não passa de um ato sexual

Tormentum, ignis, famis, sitis
O carrasco espera, sorri, demora
A pele do lobo como a pele do cordeiro
E ninguém vence durante o tempo todo




10. CATASTROFE (LIVE IN RIO, 19/05/1984)

(See lyrics on track 1)




11. PRINCESA DO PRAZER (LIVE IN RIO, 19/05/1984)

(See lyrics on track 3)




12. CATASTROFE (LIVE IN RIO, 17/11/1984)

(See lyrics on track 1)




13. ABANDONO O SEU DEUS (LIVE IN RIO, 17/11/1984)

Religião é o refúgio dos fracos
Sem fé neles mesmos
Só em ídolos de barro
A igreja mostra toda a incoerência
Desde a inquisição
Só nos trouxe violência

O que vocês querem mais ?
Por favor deixem minha alma em paz
Ou abandono o teu deus

Quem precisa de padres para dizer o que é pecar
Nós podemos nos julgar
Para salvação da alma não adiantam as preces
Só com o seu dinheiro a igreja enriquece




14. PRINCESA DO PRAZER (LIVE IN RIO, 17/11/1984)

(See lyrics on track 3)




15. ARMAGEDON (LIVE IN RIO, 17/11/1984)

(See lyrics on track 2)




16. MORTE AOS FALSOS (LIVE IN LAMBARI, MG, 20/07/1985)

(See lyrics on track 8)